Sobre o Concelho

Situado no interior sul do país, na vasta região alentejana, Arraiolos é hoje um concelho rural de 2ª ordem, com 684,08Km2, para uma população de 7363 habitantes (censos de 2011).
Constituído desde a segunda metade do Século XX por 7 freguesias: Arraiolos, Vimieiro, Igrejinha, S. Pedro da Gafanhoeira, Sabugueiro, S. Gregório e Santa Justa, tem hoje 5 freguesias:
– Arraiolos, 146,1 km2; União das Freguesias de Gafanhoeira (São Pedro) e Sabugueiro 83,4 km2 ; Igrejinha 84,5 km2 ; União das Freguesias de São Gregório e Santa Justa 117,2 km2 e Vimieiro 252,6 km2.
O concelho de Arraiolos situa-se no Distrito de Évora, limitado a norte com os concelhos de Mora e Sousel, a leste com o concelho de Estremoz, a sul com o concelho de Évora, a sudoeste com o concelho de Montemor-o-Novo e a noroeste com o concelho de Coruche.

Em termos hidrográficos o concelho de Arraiolos é abrangido pelas Bacias do Tejo (na quase totalidade) e do Guadiana uma pequena parte a sueste do concelho, sendo as principais linhas de água e açudes contribuintes da Bacia do Tejo.
Os principais cursos de água permanentes que atravessam o concelho de Arraiolos são: a ribeira de Têra, a ribeira do Freixo, a ribeira do Divor, ribeira de Vide e rio Almansor. Há ainda a salientar a existência de várias albufeiras espalhadas pelo concelho, das quais se destaca, pela sua dimensão, a albufeira do Divor, cujo plano de água apresenta uma extensão de 265 hectares e uma capacidade útil de 11,89 hm3.

Arraiolos assume-se, hoje, com uma administração aberta e democrática, como um concelho em expansão, onde as suas gentes, orgulhosas dos seus antepassados e do seu património, perspetivam um futuro de progresso.